junho 03, 2009

i num instante tudo muda




[campanha]
Convenço-me que cada vez sei menos, Não me entendo com o mundo por falarmos línguas diferentes, Anda depressa demais para mim, para o meu ritmo, para o meu tempo, Há quem diga que é por ser cruel, mas nem espera pelo papel, Fico passado com o que leio, e o que li já é passado. Sei que os tempos são outros, e são assim, eu, é que não. Sinto que não quero saber, não quero ler, não quero mais, desligo dos jornais, … i num instante tudo muda.
Novo jornal i

Sem comentários: