maio 23, 2007

Creamy or not creamy?


Desculpem a ausência, mas o tempo complicou-se, a net teima em falhar e o cansaço foi muito, por aqui ficam algumas coisas sobre o creamfields. Creamfields sinopse:
- Um Creamfields que muito prometia e pouco ofertou.
- O Soulwax Stage sem dúvida a melhor oferta musical.
- Digitalism ficou para uma outra oportunidade.
- Who Made Who continuam a provocar bons estímulos musicais, mesmo com alguns problemas nas asas.

- Os Wraygunn estão cada vez melhores, com um Paulo Furtado a fazer corta mata no público presente de microfone na mão, apregoando comentários e a oferecer amor, sexta-feira em Coimbra será melhor.
- Os Spektrum continuam Spektrum, mesmo com o frio,
Lola Olafisoye não se importava de mostrar parte dos mamilos com o seu cai cai, agora sim percebo o single " Don´t be Shy?"
- A tarde muito melhor que a noite. Uma tarde com algum calor, uma noite com um frio insuportável, filas e mais filas, e mais filas, filas para tudo, enfim, sentia-se uma má organização.
- Dinner in the Sky substituído por um corneto e calipo que quase passavam por jantar, devido à falta de espaços de restauração.

- No espaço Kubik não se estava mal.
- Sem dúvida, as experiências foram muitas, mas nem sempre agradáveis, mas houve algumas muito boas.

2 comentários:

Anónimo disse...

Um dos meus grandes males é que raramente vou a concertos... Mas só os Digitalism são suficientes para me ficar a recriminar para o resto da vida... É uma pena que não tenhas conseguido vê-los.
:(

Pupilo disse...

O post atrás anterior era meu... lol