dezembro 01, 2008

Another place


"Sabem o quem dizem? Por vezes, a cidade onde nascemos não é exactamente aquela onde pertencemos, e o melhor de tudo é ter alguém que o reconhece mesmo antes de nós o sabermos." in A (menina) lasciva

Fiquei a pensar no que a (menina) lasciva escreveu. Não pertencer à cidade onde nasci, foi algo que sempre reconheci, sem ser preciso ninguém me o dizer. Mas o inexplicável prende-me a esta cidade de amor e ódio, e teima em não me libertar.

Sem comentários: